Pedalar no Marrocos é uma experiência e tanto para todo ciclista. Desde os amadores, que desejam fazer um bike tour pelas cidades marroquinas apenas pela experiência ou diversão até os ciclistas profissionais, que buscam por trilha com longas distâncias na montanha ou na estrada.

Em ambos os casos, a Morocco Imperial Bike oferece toda a estrutura necessária, como bikes apropriadas, roteiros com paradas estratégicas em hotéis e atrações da região e equipe de apoio com vasta experiência.

Se você está planejando sua viagem, algumas dicas são importantes para que nada atrapalhe o seu pedal:

  • Escolha a melhor época para ir. Nós indicamos entre janeiro e maio ou entre setembro e dezembro. Nos meses de junho, julho e agosto, o calor da região e o excesso de turistas podem atrapalhar o pedal. Para quem estará no Marrocos nessa época e deseja pedalar mesmo assim, indicamos roteiros personalizados, afastados das regiões mais turísticas e mais quentes.
  • Contrate uma agência especializada. Diferentemente da Europa ou Estados Unidos, o Marrocos não é um destino comum para turismo de aventura e isso dificulta a vida de quem viaja sozinho, sem o apoio especializado. O idioma e as diferenças culturais podem atrapalhar muito mais o seu pedal do que o calor, por exemplo. Não deixe de contratar uma agência para cuidar de todos detalhes para você.
  • O cicloturismo no Marrocos é bastante democrático. Se você é atleta profissional em busca de treinos rigorosos, temos opções de roteiros personalizados para grupos de bikers experientes, que pedalam mais rápido do que a maioria, com trechos que podem ir de 50 a 100km por dia. Se esse for o seu caso, nossa dica é fechar um grupo de bikers que já treine com você ou experimentar nossos roteiros com um pouco de bike em locais mais planos, com nível de dificuldade mais baixo.
  • Escolha o seu roteiro de acordo com suas prioridades e cidades que deseja conhecer. A Morocco Imperial Bike oferece dentre outras opções de roteiro, uma bastante completa, com dez dias de pedal e cerca de 30 quilômetros pedalados por dia. A rota inclui as cidades de Tanger, Ifrane, Meknes, Marrakech e a capital, Rabat.
  • Se você não é atleta profissional e deseja pedalar no Marrocos, aproveite o período pré-viagem para colocar seus exames médicos em dia e viajar com tranquilidade para aproveitar os passeios. Mesmo os pedais curtos, que atravessam pequenas cidades marroquinas, exigem um pouco do nosso condicionamento físico.
  • Não se preocupe em trazer sua bike com você. O stress com excesso de bagagem e risco de danos durante o voo não compensa. Aqui na Morocco Imperial Bike temos a estrutura completa para quem vem pedalar com a gente, incluindo diferentes tipos de bikes,como híbridas, mountain bikes e bikes elétricas, guias especializados, água e frutas durante o percurso e carros para apoio e transporte de passageiros.